O ambiente SIG (Sistema de Informações Geográficas) é o ideal para integrar dados, informações e cartas de naturezas diferentes. Por exemplo, dados climáticos e cartas topográficas ou de solos podem ser analisados em conjunto, levando toda a informação para uma base comum, o que permite a sua integração e uso. A Equação Universal de Perdas dos Solos (EUPS ou USLE) é atualmente utilizada, com sucesso, como uma forma para a avaliação da perda dos solos por erosão laminar e foi aplicada para a Bacia do Rio Taquarizinho (ao Sul de Coxim, Mato Grosso do Sul), região que apresentou grandes modificações no tipo de uso e ocupação do solo no período analisado. Neste trabalho são apresentados os parâmetros envolvidos com a USLE, alguns obtidos da digitalização de cartas temáticas e tabelas como de Erosividade das chuvas (R), Erodibilidade do solo (K) ou Uso e Manejo do Solo e Práticas Conservacionistas (CP) e outros, como Comprimento (L) e Declividade de vertentes (S,) obtidos em ambiente SIG, através de dados topográficos. O ambiente SIG permitiu a completa integração entre os dados para a obtenção dos parâmetros da USLE e os resultados. Para a Bacia do Rio Taquarizinho a USLE foi aplicada em três diferentes momentos: 1966, 1985 e 1996. Esta aplicação multitemporal mostrou a tendência evolutiva do processo erosivo na região. Para os valores absolutos da taxa de erosão laminar dos solos, de 1966 a 1996, em alguns locais, o desmatamento implicou num aumento da taxa de erosão laminar dos solos em mais de 50 vezes. As perdas médias anuais de solo por erosão laminar foram representadas por valores médios, para toda a Bacia do Taquarizinho, de 4,44 ton/ha. para 1966, de 5,53 ton/ha. para 1985 e de 8,65 ton/ha. para 1996.

Paranhas Filho, A.C., Fiori A., P., Disperati, L., Lucchesi, C., Ciali, A., & Lastoria, G. (2003). Avaliação multitemporal das perdas de solos na Bacia do Rio Taquarizinho-MS. BOLETIM PARANAENSE DE GEOCIÊNCIAS, 52, 49-59.

Avaliação multitemporal das perdas de solos na Bacia do Rio Taquarizinho-MS

DISPERATI, LEONARDO;
2003

Abstract

O ambiente SIG (Sistema de Informações Geográficas) é o ideal para integrar dados, informações e cartas de naturezas diferentes. Por exemplo, dados climáticos e cartas topográficas ou de solos podem ser analisados em conjunto, levando toda a informação para uma base comum, o que permite a sua integração e uso. A Equação Universal de Perdas dos Solos (EUPS ou USLE) é atualmente utilizada, com sucesso, como uma forma para a avaliação da perda dos solos por erosão laminar e foi aplicada para a Bacia do Rio Taquarizinho (ao Sul de Coxim, Mato Grosso do Sul), região que apresentou grandes modificações no tipo de uso e ocupação do solo no período analisado. Neste trabalho são apresentados os parâmetros envolvidos com a USLE, alguns obtidos da digitalização de cartas temáticas e tabelas como de Erosividade das chuvas (R), Erodibilidade do solo (K) ou Uso e Manejo do Solo e Práticas Conservacionistas (CP) e outros, como Comprimento (L) e Declividade de vertentes (S,) obtidos em ambiente SIG, através de dados topográficos. O ambiente SIG permitiu a completa integração entre os dados para a obtenção dos parâmetros da USLE e os resultados. Para a Bacia do Rio Taquarizinho a USLE foi aplicada em três diferentes momentos: 1966, 1985 e 1996. Esta aplicação multitemporal mostrou a tendência evolutiva do processo erosivo na região. Para os valores absolutos da taxa de erosão laminar dos solos, de 1966 a 1996, em alguns locais, o desmatamento implicou num aumento da taxa de erosão laminar dos solos em mais de 50 vezes. As perdas médias anuais de solo por erosão laminar foram representadas por valores médios, para toda a Bacia do Taquarizinho, de 4,44 ton/ha. para 1966, de 5,53 ton/ha. para 1985 e de 8,65 ton/ha. para 1996.
File in questo prodotto:
File Dimensione Formato  
Paranhos_et_al_2003_Boletim_Paranaense_Geociencias.pdf

non disponibili

Tipologia: Post-print
Licenza: NON PUBBLICO - Accesso privato/ristretto
Dimensione 565.88 kB
Formato Adobe PDF
565.88 kB Adobe PDF   Visualizza/Apri   Richiedi una copia

I documenti in IRIS sono protetti da copyright e tutti i diritti sono riservati, salvo diversa indicazione.

Utilizza questo identificativo per citare o creare un link a questo documento: http://hdl.handle.net/11365/43007
 Attenzione

Attenzione! I dati visualizzati non sono stati sottoposti a validazione da parte dell'ateneo